Caro Pierotto Brazilian Music

Brazilian Singer based out of Los Angeles that fuses Bossa Nova with World Music. Book now!

Começa comigo

Semana passada foi difícil. Eu não estava conseguindo me manter positiva e com esperança nesse nosso mundo, no meu mundo. Era como se eu estivesse vendo tudo através de uma lente preto e branco. Sem motivação, sem esperança. Eu estava me perguntando, porque me preocupo? Jà estamos amaldiçoados mesmo. Não há absolutamente nada que eu possa fazer. É melhor eu sucumbir à essa realidade que não está sobre meu controle. Tiroteios, ataques com bombas, racismo, crianças passado fome, todo mundo endividado, comida cheia de veneno, àgua poluída, compaixão zero entre nós seres humanos, com os animais, com o nosso planeta… a lista é longa e deprimente. Como chegamos aqui? Aonde foi que esquecemos sobre nossos valores? Sobre o que somos? Muito menos o porque estamos aqui nesse momento.

Sinto como se meus sentimentos oscilam como numa montanha russa. Quando estou bem em baixo, tudo que quero é desistir. Mas se desisto, e daí? Porque estar aqui mesmo? Pra que viver se não posso mudar nada mesmo? Por quê? O engraçado é que, simplesmente me perguntando essa questão já muda tudo. Parece que só tenho uma opção. Eu não posso desistir. Eu não nasci pra desistir. Eu nasci para lutar, para conquistar, para ser parte da mudança. Mesmo que essa mudança seja somente dentro de mim. Afinal de contas, é só o que eu posso controlar. O resto é simplesmente uma conseqüência de como me sinto, é de dentro pra fora.

Sendo a mulher que sou, passo por esses ‘ups and downs’ com muita frequência, todo mês para ser mais precisa :). Apesar de ser difícil, sou muita grata por ter acesso à essa experiência de mudar de perspectiva tão drasticamente. Sempre tenho a oportunidade de reavaliar o que realmente é real e importante para mim. Uma vez que me sinto de volta à luz, eu sempre retorno mai forte, inspirada e com a certeza de que mesmo que às vezes não faço a minima idéia do que está acontecendo, eu sei que estou fazendo meu tema de casa, dia após dia. Eu vivo acreditando nos valores que desejo para minha realidade. Eu aceito este momento da maneiro que é e dou toda minha atenção. Tento agir sob a influência do AMOR incondicional comigo mesma e com tudo e todos que interajo a todo momento. Não é fácil viu, mas é uma tarefa de uma vida inteira. Dia após dia. Pouco à pouco. Desde que eu continue melhorando como um ser humano que tem compaixão, o meu valor esta estabelecido neste planeta. E espero que minha presença possa vir a ajudar curar esse momento tão louco e desconectado que vivemos. Se todos nos posicionarmos com nossos corações cheios de compaixão eu acredito que podemos. Juntos conseguiremos. O Budha já falou um dia, ‘Seja a mudança que voce quer ver no mundo’. A mudança começa dentro de nós mesmos. Começa comigo.